0
óleos essenciais

Óleos Essenciais vs. Óleos de Fragrância: Qual a Diferença?

Os óleos essenciais extraem-se a partir de diversas partes das plantas, como flores, folhas e raízes, através de destilação a vapor ou prensagem a frio. Como tal, possuem propriedades únicas que podem ajudar a tratar uma ampla gama de problemas de saúde, desde dores de cabeça e stress até problemas de pele e insónias. Neste artigo, exploramos seus benefícios terapêuticos e como escolher o produto certo para as suas necessidades.

É importante destacar a diferença entre os óleos essenciais e os óleos de fragrância. Os óleos essenciais são naturais e oferecem benefícios terapêuticos, enquanto os óleos de fragrância são sintéticos e criados em laboratório para adicionar aroma a produtos como perfumes, velas e sabonetes. Além disso, os óleos de fragrância não possuem as propriedades terapêuticas naturais dos óleos essenciais e são criados com produtos químicos.

Benefícios Terapêuticos dos Óleos Essenciais

Os óleos essenciais oferecem uma ampla gama de benefícios terapêuticos, cada um com suas próprias propriedades únicas que podem ajudar a tratar diversos problemas de saúde. Por exemplo, a lavanda é conhecida por suas propriedades calmantes e pode ajudar a reduzir o stress e a ansiedade. O eucalipto tem propriedades descongestionantes e pode ajudar a aliviar os sintomas de constipação e gripe. Já o tea tree é conhecido pelas suas propriedades antifúngicas e pode ajudar a tratar problemas de pele, como acne e micose.

Óleos de Fragrância: Apenas para Adicionar Aroma

Os óleos de fragrância são criados com o único propósito de adicionar aroma a produtos, como perfumes, velas, sabonetes e outros produtos de higiene pessoal. Além disso, eles não possuem propriedades terapêuticas naturais e são criados em laboratório com produtos químicos.

Escolher um Produto Aromático Adequado

Ao adquirir um produto aromático, é importante ler atentamente os rótulos e procurar óleos essenciais em vez de óleos de fragrância. Assim como se deve certificar de que o produto que está adquirindo é de qualidade e corresponde às suas necessidades terapêuticas específicas. Além disso, certifique-se de que o produto é adequado para o uso pretendido, seja para massagens, banhos ou difusores.